canto_bus	ca_dir
canto_busca
canto_busca_dir
canto_busca
  • Twitter
  • Orkut
  • Facebook

15 de Fevereiro de 2012

LGBT protesta contra mudança

 

A comunidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT) sai em manifesto hoje (15) contra um possível veto do Ministério da Saúde, a um vídeo de incentivo a prevenção no carnaval, voltado ao público LGBT. A manifestação começa às 17h, em frente ao prédio do ministério. Panfletos, bandeiras e material disponibilizado pelo próprio governo serão usados no ato. A campanha deste ano, tem como foco principal os jovens gays, devido o aumento de casos de aids.

Dados do Boletim Epidemiológico Aids 2011, mostram que que nos últimos 12 anos a incidência de casos de aids cresceu mais entre jovens gays de 15 a 24 anos. A campanha de prevenção contra aids e que defende o uso da camisinha no carnaval, começou a ser veiculada no dia 2 de fevereiro, no site do ministério da Saúde. A peça mostra dois rapazes flertando em um bar e foi retirada do ar seis dias após a veiculação.
Para o presidente do Estruturação, grupo LGBT de Brasília, Michel Platini,  o veto é político. “ O vídeo foi retirado por preconceito, como um ato de homofobia e a comunidade LGBT se sente descriminada”, desabafa.

O ministério rebate, afirmando que tudo não passou de um equívoco e que o vídeo em questão, seria especificamente produzido para exibição em ambientes fechados, como bares, boates e camarotes. “Houve um erro de gestão de conteúdo e não há  indício de homofobia”, assegura o órgão. A comunidade LGBT não aceita a argumentação do ministério. “Vetar o vídeo é jogar fora o dinheiro público”.



Voltar

     

Michel Platini - Telefone: (61) 8141-3113 (Operadora Oi)
E-mail: michelplatini@michelplatini.com.br